Faculdade de Medicina deve iniciar até o inicio de 2020 nas cidades de Canindé e Quixadá

O Sertão Central ganhou duas Faculdades de Medicina, a entidade vencedora para implantar estas faculdades foi o Grupo Estácio, Os prefeitos de Canindé Rozário Ximenes e de Quixadá Ilário Marques receberam o diretor nacional de Cursos de Medicina do Grupo Estácio junto com representantes da entidade vencedora.

A prefeita Rozário Ximenes e secretários recepcionaram a comitiva do Grupo Estácio em Canindé.

Em reunião esta semana os representantes estiveram reunidos nos municípios vencedores e que estão trabalhando para disponibilizarem o vestibular o mais breve possível. Canindé recebeu a comitiva do Grupo Estácio na terça-feira (22) e além de reunião de trabalho estiveram visitando algumas unidades médicas do município, prédios e terrenos para a instalação da Faculdade na cidade. Em Quixadá, a reunião aconteceu nesta quarta-feira (23), no Centro Administrativo.

Silvio Pessanha, Diretor Nacional do Curso de Medicina, destacou a transformação que o município irá sofrer, pois nos próximos anos a rotina de toda região mudará. “A estrutura oferecida pela Prefeitura de Canindé atende totalmente às nossas expectativas. Assim, sendo, tudo ocorrendo dentro do planejado, o Curso começará ainda este ano ou no início do próximo”, disse.

O prefeito Ilário Marques juntamente com os secretários e ainda o responsável pelo Consórcio Regional de Saúde, Neto Dias, para tratar sobre as próximas etapas do processo de instalação do curso. Silvio Pessanha Neto, Diretor Nacional de Cursos de Medicina do Grupo Estácio, afirmou: a “Tivemos uma excelente reunião de trabalho com o prefeito Ilário e seu secretariado com o objetivo de traçar os próximos passos para implantação do curso de medicina aqui no município. A partir da reunião de hoje a gente já começa a atacar essas frentes, que vão desde a contratação de professores, coordenação e localização do melhor ponto para instalação dessa nova unidade. Estamos avançando a passos largos.”

Ilário Marques, disse ter gostado muito da reunião e que disponibilizará uma “força tarefa” para lidar com as demandas do processo de instalação do curso de medicina no município

A expectativa das partes é trabalhar para que seja possível, ainda este ano, começar a receber os alunos. Inicialmente, 50 vagas serão ofertadas. Silvio Pessanha destaca que é importante a manutenção de uma boa parceria. “Tudo vai estar sendo feito a quatro mãos”, explica, e acrescenta que o curso de medicina vai fortalecer a estrutura de saúde do município.

Ilário Marques, por sua vez, disse ter gostado muito da reunião e que disponibilizará uma “força tarefa” para lidar com as demandas do processo de instalação do curso de medicina no município, que ele considera a “coroação de Quixadá como cidade universitária”. Mas o avanço do planejamento não depende só da Estácio e da prefeitura, pois boa parte da burocracia a ser observada nas próximas etapas diz respeito ao Ministério da educação e outros órgãos federais.

“A gente vai trabalhar para iniciar em agosto, mas caso não consigamos finalizar todas as etapas esse ano, no mais tardar no início do próximo ano começaremos a operar o curso de medicina aqui em Quixadá”, explica Silvio Pessanha.

Diário de Quixadá

Sugestões de Reportagens: 88 9686 6694 Tim – 88 9 8110 1111 VIVO  – 88 2147 0720 Fixo. Inclua o Sertão Alerta entre os seus links favoritos. VC Repórter no WhatsApp 88 9 9686 6694. sertãoalerta.com@gmail.com. Curta nossa pagina no Facebook

NOVA COSMÉTICO

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *