Prefeito de Pedra Branca rompe politicamente com o vice-prefeito

A população do município de Pedra Branca no sertão central cearense foi pega de surpresa através de um pronunciamento do Prefeito afastado Antônio Góis Monteiro Mendes, “Góis”, que afirmou o seu rompimento politicamente com o seu vice, hoje Prefeito interino do município, José Gilberto Júnior, “Júnior do Gilberto”

O anuncio foi feito as 14:00hs desta quinta-feira 21, durante sua participação via celular em um programa jornalístico da emissora de rádio de sua família, “AM Trapiá”

Durante esta semana, foi marcada uma reunião com as presenças do Júnior do Gilberto, Dr. Carlos, sua Esposa, Gilmara e Antônio Roberto, onde ouve a reunião mais não ficou nada acordado.

O Prefeito afastado Antônio Góis ressaltou ter sido surpreendido no dia seguinte por um advogado do Prefeito em exercício Júnior do Gilberto, através de documentos pedindo a renuncia do mesmo. Góis disse:

“Não sou homem de renunciar nada. Não quero negócio com esse rapaz aí, (Júnior), Eles aproveitaram que eu estava vendendo a minha casa e estavam só esperando pra escrever um documento pedindo a minha renuncia. Eu não sou covarde pra tá assinando renuncia não”.

Góis disse estar esperando uma decisão judicial e que está esperançoso para poder reassumir a prefeitura do município de Pedra Branca e dá continuidade ao seu trabalho, o que está sendo informado por telefone sobre os desmantelou que estão aconteceu em Pedra Branca.

“Nois deichemos tudo funcionando direitinho, hospital, matadouro, tudo nos seus trilhos, e ainda tem um agravante, nois conseguimos em Brasília, quase 60 milhões de emendas, então do jeito que vai, não vai da certo, só quem vai perder é a Pedra Branca. Então o negócio ficou difícil, eu não vou pegar umas emendas dessa e colocar na mão de um cara desse que não tem um pingo de responsabilidade”. Palavras do Góis.

Indagado pelo radialista Souza Neto sobre o seu rompimento com o Júnior do Gilberto, em poucas palavras Góis afirma; “Meu amigo eu não sento mais com o Júnior nem pra ir pro céu rapaz, não tem negócio mais com ele, entendeu, só tem mentira, só tem enganação”.

Góis ainda afirmou que vai trabalhar e cuidar da sua vida particular, caso a justiça conceda o seu retorno para a prefeitura, irá desempenhar o seu papel como prefeito, caso contrário não terá problema, é vida que segue. “O Júnior resolva os problemas dele lá, que eu resolvo os meus, e eu não quero mais conversa com ele”. Ressaltou Antônio Góis.

A chapa Góis e Júnior foi eleita na última eleição para prefeito em 2016, com cerca de quase 7 mil votos de diferença para o segundo colocado.

Correios News

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *