Vereador de Quixadá é afastado por 180 dias após operação do MPCE

Mais uma operação do Ministério Público Estadual realizada na maior cidade do Sertão Central, Quixadá. O alvo da operação foi um vereador denunciado por uma ex-assessora.

A Câmara Municipal de Vereadores de Quixadá, no Sertão Central, na manhã desta terça-feira (20) foi interditada para que pudessem ser realizadas as buscas e apreensões de provas contra o vereador Guto da Glaudisel que esta respondendo a um processo após sua ex-assessora denuncia-lo ao Ministério Público.

A partir das 07:00 horas os promotores de justiças acompanhados de agentes da Policia Civil estão no interior da casa legislativa, vereadores e funcionários foram impedidos de ingressarem no interior do legislativo municipal durante a operação. A imprensa e curiosos estiveram durante toda manhã acompanhando o episódio enfrente ao prédio dos vereadores de Quixadá.

O Ministério Público solicitou e foi acatado o afastamento por 180 dias do parlamentar municipal para que seja concluída as investigações sobre a denuncia. Assume o suplente de vereador Renê Matias.

Sugestões de Reportagens: 88 9686 6694 Tim – 88 8849 5444 OI – 88 2147 0720 Fixo. Inclua o Sertão Alerta entre os seus links favoritos. VC Repórter no WhatsApp 88 9 9686 6694. sertãoalerta.com@gmail.com.

NOVA COSMÉTICO

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *