Governo do Ceará assina termo de cooperação para fomentar produção de Combustível Derivado de Resíduos

Ontem (18), foi assinado um termo de cooperação técnica entre o Governo do Ceará, por meio da Secretaria das Cidades, a Associação Brasileira de Cimento Portland, os consórcios para Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Sobral e da Região do Vale do Jaguaribe, além de outros órgãos públicos e entidades. O objetivo do termo é fomentar a produção de Combustível Derivado de Resíduos (CDR) no Ceará. Os trabalhos têm previsão de conclusão de 24 meses e os primeiros estudos resultantes deste instrumento devem ser disponibilizados em março de 2019.

A cooperação técnica vai definir a estratégia a ser adotada pelos parceiros envolvidos, considerando os âmbitos econômico, social, técnico e ambiental para incentivar a valorização energética dos resíduos antes que estes sejam dispostos em aterros sanitários. Os estudos e projetos serão iniciados especialmente nas áreas onde estão sendo implantados os sistemas integrados de gestão de resíduos sólidos, no caso a Região Metropolitana de Sobral e do Vale do Jaguaribe.

O co-processamento de resíduos é uma realidade crescente no país, podendo suprir demandas energéticas na produção de cimento, geração de energia, caldeiras dentre outros. O fomento a esse tipo de substituição energética a partir de resíduos é uma forma de atender à Política Nacional e Estadual de Resíduos Sólidos e à Política Nacional e Estadual de Mudanças Climáticas.

Sugestões de Reportagens: 88 9686 6694 Tim – 88 9 8110 1111 VIVO  – 88 2147 0720 Fixo. Inclua o Sertão Alerta entre os seus links favoritos. VC Repórter no WhatsApp 88 9 9686 6694. sertãoalerta.com@gmail.com.

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *