Novo sistema agiliza resultado de teste do pezinho no Lacen

Poucas gotinhas de sangue do calcanhar do bebê podem fazer toda a diferença na vida do recém-nascido. Através do teste do pezinho, é feito o diagnóstico de doenças congênitas ou infecciosas em estágio inicial.

Sabendo da importância da celeridade do processo, o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), do Governo do Ceará, iniciou no ano passado a descentralização do serviço. Com uma nova metodologia, o sistema Vega Web Triagem, além da coleta, as unidades também cadastram as amostras e assim, o procedimento inicia rapidamente.

O Lacen vem realizando treinamento nas Coordenadorias Regionais de Saúde (CRES) do Estado para o uso do novo sistema. Nesta semana, os profissionais das CRES de Brejo Santo, Crato e Juazeiro do Norte, compostas por 28 municípios, passaram pela capacitação.

Ana Carolina Barjud, chefe do Centro de Análises Clínicas do Lacen, fala sobre a importância da capacitação dos profissionais.

Ana Carolina Barjud fala sobre as próximas capacitações e de outros temas que são abordados nas capacitações.

Triagem neonatal

O teste do pezinho é uma das principais formas de diagnosticar seis doenças que, quanto mais cedo forem identificadas, melhores são as chances de tratamento.

Fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, doença falciforme, fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita e a deficiência de biotinidase são detectadas através do exame. Quanto mais precoce o diagnóstico, melhor o prognóstico e a taxa de sobrevida. O tempo entre a coleta e a realização do teste é de importância vital para dar início ao tratamento dos casos diagnosticados, que devem começar antes dos primeiros 30 dias de vida.

No Lacen são realizadas as fases I, II, III, IV do teste. Em cada bebê, são realizadas seis diferentes análises. Atendendo aos 184 municípios do Estado, com 52 unidades de saúde somente em Fortaleza, o laboratório realizou de janeiro a setembro deste ano 500.178 testes em aproximadamente 83.363 crianças triadas.

Sugestões de Reportagens: 88 9686 6694 Tim – 88 8849 5444 OI – 88 2147 0720 Fixo. Inclua o Sertão Alerta entre os seus links favoritos. VC Repórter no WhatsApp 88 9 9686 6694. sertãoalerta.com@gmail.com.

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *