CDL de Quixadá recomenda que todos se unam e aguardem posição da justiça para pagar o IPTU

Pres. da CDL/Quixadá – Gilberto Falcão

A direção da Câmara dos Diretores Lojista – CDL de Quixadá estiveram reunidos discutindo sob o aumento exorbitante do IPTU na cidade, seu presidente o empresário Gilberto Falcão em nome da CDL-Quixadá emitiu uma nota com o posicionamento dos lojistas da cidade.

A nota questiona exatamente a solução encontrada pela gestão municipal em incrementar a arrecadação pelo o aumento do tributo. Essa alternativa vem sendo combatida em todas as esferas de governo, independentemente de partido político ou agremiação. É a solução que mais penaliza e sacrifica o corpo social.

Outro questionamento discutido pela direção da Câmara foi a rapidez com que os parlamentares municipais aprovaram a lei de tamanha importância e que mexe literalmente com a população quixadaense. Segundo os diretores lojistas afirmam que não é este o posicionamento dos representantes do povo, é necessário que se discuta com a sociedade.

Os valores sofreram aumentos visivelmente elevados e, diga-se de passagem até desproporcionais aos demais números da economia local e nacional. Uma ação que tramita na 1ª Vara da Comarca de Quixadá, onde se questiona a validade formal da lei municipal que deu suposto fundamento a esse “reajuste”. Como parece haver  vícios na aprovação da lei, é possível que esses valores não se sustentam como validos.

A CDL através da nota recomendou aos seus associados e aos munícipes a se unirem em uma posição, de prudência e cautela para não efetuarem pagamentos de imediato e aguardem o desfecho da relação litigiosa que está submetida ao crivo da justiça. Só então será seguro realizar o pagamento ou estudar novas possibilidades para resolução do problema.

Sugestões de Reportagens: 88 9686 6694 Tim – 88 8849 5444 OI – 88 2147 0720 Fixo. Inclua o Sertão Alerta entre os seus links favoritos. VC Repórter no WhatsApp 88 9 9686 6694

NOVA COSMÉTICO

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *