1.600 pipeiros permanecem em greve com a operação pipa no Estado do Ceará

A greve dos pipeiros que vem atingindo todo o Estado do Ceará, deixando milhares de familias sem abastecimento de água a mais de uma semana. Os mesmos reclamam a falta de pagamento por parte do Exercito e ainda por falhas nos equipamentos G-pipa.

São aproximadamente 1.600 carros-pipa cadastrados no programa emergencial de abastecimento d’água para comunidades rurais do Ceará, o Operação Carro-Pipa, do Governo Federal, continuam sem circular pelas cerca de 20 mil rotas no Estado.

A informação é do Sindicato dos Pipeiros do Estado do Ceará (Sinpece) que resolveu manter a paralisação após o comando geral da 10ª Região Militar do Exército Brasileiro, responsável pelo controle e fiscalização do serviço dos pipeiros na região não ter atendido a principal reivindicação da categoria, a substituição do sistema de monitoramento das rotas.

No sábado (11) um grupo de pipeiros, juntamente com a comunidade da localidade de Santa Cruz do Banabuiú, no município de Pedra Branca, interditou a BR-020, à altura do Sítio Feiticeiro. Eles usaram pneus e galhos secos de árvores para bloquearem o tráfego na rodovia federal.

Sugestões de Reportagens: 88 9 9686 6694 Tim – 88 8849 5444 OI – 88 9233 8777 Claro. Inclua o Sertão Alerta entre os seus links favoritos. VC Repórter no WhatsApp 88 9 9686 6694.NOVA COSMÉTICO

 

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *