Governo do Ceará reúne projetos científicos e tecnológicos que buscam melhorar serviços e qualidade de vida da população

Por meio da união entre o conhecimento acadêmico e a gestão pública, o Governo do Ceará busca avançar em soluções que tragam cada vez mais desenvolvimento para o povo cearense. Foi dentro deste propósito que o governador Camilo Santana reuniu, nesta segunda-feira (10), no Palácio da Abolição, pesquisadores das universidades estaduais e federal e secretariado para apresentações de projetos desenvolvidos no Programa Cientista Chefe.

De responsabilidade da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), o programa do Estado consiste em destinar equipes de pesquisadores para trabalhar nas secretarias ou órgãos mais estratégicos do Governo do Ceará. A ação objetiva identificar soluções nos campos da Ciência, Tecnologia e Inovação que podem ser implantadas em melhorias nos serviços públicos e, consequentemente, garantir melhorias e mais qualidade de vida para toda a população. As equipes são coordenada por cientistas chefes, definidos segundo critérios como produção científica, formação e ligação com núcleos de pesquisa de alto nível de instituições cearenses.

O encontro desta segunda-feira trouxe à sede do Executivo estadual os profissionais que atuam em projetos nas secretarias da Segurança Pública e Defesa Social, da Educação, dos Recursos Hídricos, da Saúda, da Infraestrutura, da Agricultura, Pesca e Aquicultura, além do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). Cada representante apresentou sua pesquisa para os gestores públicos, com debate acerca das experiências exitosas e potenciais resultados positivos que se pode alcançar através dela.

Para Camilo Santana, a reunião foi de grande importância para avançar nas políticas públicas com mais tecnologia e inovação. “Temos aqui pesquisadores de nossas universidades estaduais e federal, que estão trabalhando conosco para melhorar cada vez mais a gestão pública. Posso citar aqui o exemplo do Spia (Sistema Policial Indicativo de Abordagem), programa de tecnologia que acompanha a mobilidade do crime para combater a violência. O Ceará já está há 24 meses reduzindo os índices de roubos e há 14 meses reduzindo os homicídios”, observou o governador.

Também estiveram presentes no encontro a vice-governadora Izolda Cela, o secretário-chefe da Casa Civil, Élcio Batista, o secretário do Planejamento e Gestão, Mauro Filho, o presidente da Funcap, Tarcísio Pequeno, dentre autoridades, servidores e gestores do Governo do Ceará.

De acordo com o presidente da Funcap. Tarcísio Pequeno, os projetos elaborados no programa têm total aplicação dentro do planejamento do governo estadual, para trazer efetivamente resultados em questões das áreas mais prioritárias da administração pública.

“No Ceará temos oito universidades, 150 cursos de pós-graduação, 4 mil doutores e pesquisadores. É natural que a sociedade espere uma colaboração da ciência com as questões sociais. O Cientista Chefe é a maneira realmente prática e efetiva de fazer a administração estadual abrigar o conhecimento acadêmico. Tudo isso é possível pelo mecanismo que o Governo do Ceará desenhou e pela valorização que o chefe do Executivo dá e reconhece à Ciência. As áreas das mais diversas estão dando contribuição real para a solução dos problemas”, expôs.

Sugestões de Reportagens: 88 968 6 6694 Tim – 88 98110 1111 Vivo – 88 2147 0720 Fixo. Inclua o Sertão Alerta entre os seus links favoritos. VC  Repórter no WhatsApp 88 9 9686 6694. Curta nossa página no Facebook

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *