Equipe da UFC realiza pesquisa sobre arboviroses em Quixadá no Sertão Central

Quixadá, cidade da Macrorregião Sertão Central de Saúde nos próximos 60 dias estará recebendo acadêmicos da Universidade Federal do Ceará – UFC para a realização de uma pesquisa sobre casos de Dengue, Chicungunha  e Zika. Milhares de casos foram registrados em anos anteriores, hoje sobre controle e com os agentes de edemias trabalhando intensamente com o apoio da população.

O professor Luciano Pamplona Cavalcanti da Faculdade de Medicina da UFC, coordena uma pesquisa para descobrir mais sobre estas doenças e tentar melhores condições de vida das pessoas, uma parceria entre a UFC, Ministério da Saúde, Secretária de Saúde do Estado, Secretária Municipal de Saúde de Quixadá e Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará juntos neste projeto para descobrir como lidar com estas enfermidades.

Uma equipe formada por profissionais da saúde; Biólogos, Enfermeiros, Auxiliares de Enfermagem e Farmacêuticos, estão visitando as residências de algumas pessoas da cidade onde estarão sendo orientados sobre a importância da pesquisa além estarem respondendo um questionário e sendo convidados a realizarem um exame de sangue que será coletado por estes profissionais com toda segurança para os examinados. Este material coletado será enviado para o Laboratório Central de Saúde do Ceará.

Após a pesquisa os resultados serão enviados aos candidatos que colaborarem onde terão o resultado se caso tiveram umas das três doenças transmitidas pelo Mosquito Aedes Aegypti. Com os resultados a pesquisa estará sendo estudado uma solução para que estas pessoas não sejam acometidas destas doenças.

O professor Luciano Pamplona lembra que a equipe de profissionais treinados e devidamente identificados estarão visitando as residencias de Quixadá, lembra que a equipe recebeu treinamento e utiliza material extremamente seguro na coleta dos exames. A macrorregião do Cariri foi a primeira e receber a equipe, após o Sertão Central as visitas estarão acontecendo na Região Norte.

O Coordenador da Macrorregião do Sertão Central, Welinton Xavier, informa que é extremamente importante este trabalho desenvolvido pela equipe do professor Luciano, após a conclusão desta pesquisa onde serão identificadas as pessoas que tiveram estas doenças e alguns casos não sabem nem que estavam doentes.

As equipes devidamente identificadas com crachás estão nos bairros de Quixadá realizando a pesquisa, deixamos a população ciente de que se trata de um trabalho extremamente sério e importante para combater a Dengue, Zika e Chicugunha, afirma o coordenador Welinton Xavier.

Sugestões de Reportagens: 88 968 6 6694 Tim – 88 2147 0720 Fixo. Inclua o Sertão Alerta entre os seus links favoritos. VC  Repórter no WhatsApp 88 9 9686 6694. Curta nossa página no Facebook

 

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *