Professores de Pedra Branca vão as ruas pedindo que o prefeito assine e garanta os 60% do precatório para o magistério

A Comissão Municipal do Sindicato Apeoc de Pedra Branca, tem enfrentado barreias por parte da administração do municípios, no que se diz aos precatórios do Fundef, que em Pedra Branca supera os 41 milhões de reais.
O sindicato Apeoc tem trabalhado para que 60% dos valores, sejam destinado para os profissionais do magistério, ou seja professores, diretores e coordenadores, como é atualmente aplicado.
Em vários outros municípios os prefeitos tem aceitado o dialogo com a categoria e tem assinado garantindo o repasse aos professores.
Em Pedra Branca, o prefeito Antonio Gois, até agora, não dialogou com a classe, muito menos negociou e tão pouco assinou este compromisso perante a justiça. O prefeito tem falados em emissoras de rádios, e em outras oportunidades que vai destinas o percentual pedido aos professores, porém nada de assinar compromissos.
Em meio a falta de dialogo com a gestão municipal,   em uma ação preventiva, o sindicato pediu  o bloqueio dos valores para garantir que a lei seja aplicada. A justiça ainda não se manifestou sobre o pedido do sindicato.
Na manhã desta segunda, 7 de maio, professores da rede municipal de ensino,  foram as ruas, com cartazes e carro de som, pedindo o compromisso do prefeito e sua assinatura, garantindo que a lei seja aplicada também em Pedra Branca.
Portal de Noticias Ce

Sugestões de Reportagens: 88 968 6 6694 Tim – 88 8849 5444 OI – 88 2147 0720 Fixo. Inclua o Sertão Alerta entre os seus links favoritos. VC Repórter no WhatsApp 88 9 9686 6694.

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *