MEC suspende criação de cursos de medicina por 5 anos

Após a comemoração por parte dos quixadaenses pela autorização da criação do Curso de Medicina, por portaria assinada nesta quinta-feira (05), fica proibido a abertura de novos cursos por cinco anos. durante reunião do presidente Michel Temer com o ministro da Educação, Mendonça Filho, e representantes do Conselho Federal de Medicina e entidades ligadas ao setor.

A medida vale para instituições públicas federais, estaduais e municipais e privadas. A ampliação de vagas em cursos de medicina já existentes em instituições federais também fica suspensa pelo mesmo período.

De acordo com  Mendonça Filho, a medida se justifica pela necessidade de fazer uma avaliação e adequação da formação médica no Brasil. Segundo ele, foi grande o número de cursos abertos no país nos últimos anos e agora é preciso zelar pela qualidade.

De acordo com o ministro da Educação, Mendonça Filho, a interrupção não alcança aqueles cursos que já foram autorizados e o processo está em andamento. Segundo ele, é preciso interromper a criação de novas vagas para avaliar a ampliação.

Mendonça Filho explicou que duas portarias serão publicadas no Diário Oficial da União de hoje (6). Uma estabelece a suspensão da criação de novos cursos de medicina por cinco anos e a outra orienta os sistemais estaduais e municipais a cumprirem a norma.

 

CLEUMIO PINTO RADIALISTA DRT/CE 5687 - MATRICULA 7723

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *